:: Domingo, 28 de Maio de 2017    


Projetos EspeciaisO QUE É:

O Sistema Brasileiro de Coleta de Dados é formado por uma constelação dos satélites que carregam a bordo o sistema DCS (transponder de coleta de Dados); uma rede de Plataformas de Coleta de Dados (PCDs) instaladas no território brasileiro; as Estações de Recepção que recebem os dados dos satélites e um Centro de Missão que processa e repassa os dados dessas PCDs aos seus usuários. O SINDA constitui este Centro de Missão com a função de processamento, armazenamento e disseminação para os usuários, dos dados coletados remotamente pelas PCDs.


Projetos EspeciaisPARA QUE SERVE:

A operação do SINDA, na unidade do INPE em Natal, RN, visa atender demandas e necessidades de uso de dados ambientais principalmente para atividades realizadas por instituições de excelência no país, tais como: Agencia Nacional de Água (ANA) - Hidrologia; CPTEC/INPE e INMET - Meteorologia; DHN, Petrobrás - Oceanografia (boias de deriva, boias ancoradas); CETESB - Química da Atmosfera/Gestão e Fiscalização de Recursos Hídricos e Meio Ambiente; ANEEL - Monitoração de Nível de reservatórios de usinas hidrelétricas; Defesa Civil - Alertas a desastres ambientais; Transmissão e Geração de Energia Elétrica (geradoras e distribuidoras de energia elétrica); Monitoramento Ambiental (dados auxiliares para determinação do Risco de Fogo no projeto de Detecção de Queimadas em florestas).


Consideradas integrantes do Segmento Usuário de Satélites de Coleta de Dados Ambientais, as instituições que oferecem tais serviços dependem da quantidade e qualidade dos dados adquiridos pelos satélites, recebidos em solo e disponibilizados aos usuários na fase de operação do satélite, sendo, portanto, o papel do SINDA, fundamental no contexto de suas missões.


Projetos EspeciaisCOMO FUNCIONA:

Os dados coletados pelas PCDs são transmitidos para os satélites orbitais, retransmitidos por estes e recebidos nas estações de Cuiabá e/ou Alcântara e enviados para o SINDA. O SINDA tem como principais atribuições: o cadastro de PCDs e usuários, tratamento, armazenamento e distribuição para os usuários dos dados de PCDs; manutenção da base de dados históricos; gerência dos IDs (números de identificação) de PCDs em conformidade com os planos estabelecidos em consonância com o Sistema ARGOS; gerenciamento das redes de plataformas de coleta de dados e interface com os usuários, bem como o apoio na especificação para aquisição de novas PCDs e demais atividades de processamento especifico a pedido dos usuários.






INPE - Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais    
SINDA - Sistema Integrado de Dados Ambientais     
sinda@crn2.inpe.br